Buscar
  • Excelência Energia

Aberta nova Tomada de Subsídios sobre cálculo de constrained-off de eólicas


Foi publicado no Diário Oficial da União, a abertura de Tomada de Subsídios n. 03/2022 com vistas a obter subsídios para o aprimoramento da Regra de Comercialização a ser utilizada para apuração da restrição de operação por Constrained-off de usinas eólicas com energia comercializada por meio CCEAR por disponibilidade e CER.


A atual tomada de subsídios decorre de inconsistências encontradas ao longo do processo homologação dos sistemas relacionados ao cálculo da energia não fornecida. A primeira inconsistência refere-se ao limite de energia não fornecida e a segunda sobre uma divergência entre o dado de potência restrita esperado pela metodologia e o efetivamente enviado pelo ONS. De acordo com carta encaminhada pela CCEE, em relação ao limite de energia não fornecida, esses valores não podem superar o montante mínimo para tornar nulo o montante de ressarcimento previsto nos contratos.


No entanto, no caso de CER, a Regra de Comercialização publicada, não atende plenamente a esse dispositivo, pois o cálculo do montante de energia não fornecida despreza eventual existência de saldo proveniente do ano anterior. Já em relação ao segundo ponto, a CCEE identificou que a potência restrita também considera as usinas em operação em teste num mesmo complexo (conjunto) afetado. Assim, para corrigir esses dois pontos, foi encaminhado nova Regra de Comercialização para escrutínio público. O período de contribuições vai do dia 22 de fevereiro ao dia 08 de março de 2022.