Buscar
  • Excelência Energia

CMSE estabelece fim da cobrança da bandeira de escassez hídrica


O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), em reunião realizada no dia 06 de abril, decidiu revogar a autorização para o acionamento de usinas termelétricas fora da ordem de mérito e também determinou a interrupção da cobrança da Bandeira de Escassez Hídrica a partir de 16 de abril de 2022. Dados apresentados na reunião do Comitê apontaram relevante melhora das condições de atendimento da região Sul e dos armazenamentos das usinas hidrelétricas do País.


Como resultado, houve elevação dos armazenamentos equivalentes de todos os subsistemas, contribuindo para que o Sistema Interligado Nacional (SIN) superasse a marca de 70% de seu volume armazenado já nos primeiros dias de abril. Essa significativa melhora das condições de atendimento e, portanto, menor necessidade de despachos termelétricos em comparação com as projeções anteriores, assim como as projeções da ANEEL relativas à arrecadação da Bandeira de Escassez Hídrica, apontaram para o fim da cobrança de R$ 0,1420/kWh, criada em setembro de 2021. Com essa decisão, a partir de 16 de abril a bandeira tarifária será Verde, no qual não há cobrança adicional na conta de luz. De acordo com as avaliações do CMSE até o final do período seco de 2022, o pleno atendimento, tanto em termos de energia, quanto de potência, está garantido sem que haja necessidade de uso da reserva operativa.