Buscar
  • Excelência Energia

Leilão de Energia Simplificado contrata 775,8 MW médios


ANEEL e CCEE realizaram no dia 25 de outubro o Procedimento Competitivo Simplificado (PCS) para contratação de energia de reserva a partir de usinas novas. Estabelecido pela Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG), o PCS tem por finalidade otimizar os recursos para o enfrentamento do cenário atual de escassez hídrica.


Ao todo, foram contratados 775,8 MW médios, com 17 empreendimentos vencedores, totalizando 1.221 MW. A realização do PCS teve por objetivo ampliar a segurança do abastecimento no SIN, com contratação de energia de empreendimentos conectados ao submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul.


Na modalidade de contratação por quantidade, três empreendimentos negociaram energia, sendo 2 usinas solares fotovoltaicas em Rondônia e uma termelétrica a biomassa de cavaco de madeira no Mato Grosso.


O preço médio praticado foi de R$ 343,22 por MWh, com deságio de apenas 1,09%. Na modalidade por disponibilidade, um total de 14 empreendimentos saíram vencedores, sendo todas usinas térmicas a gás natural localizadas no Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. O preço médio foi de R$ 1.599,47 por MWh, com pequeno deságio de 1,09%.


As usinas vencedoras do PCS demandarão investimentos da ordem de R$ 5,2 bilhões com aumento da energia no SIN em cerca de 1,2 GW de potência instalada no país. O prazo de suprimento será de 3 anos, com início em 1º de maio de 2022.